Parcerias

Participe da Campanha global do PNUMA e da FAO contra o desperdício de comida, realizada em suporte à iniciativa “Save Food” da FAO e ao desafio “Zero Hunger” do Secretário Geral da ONU

Uma campanha global para reduzir o desperdício de comida no mundo está sendo promovida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em parceria com a WRAP UK, Feeding the 5000, e muitos outros apoiadores. A campanha faz parte da Iniciativa Save Food da FAO e da organizaçãode comércio justo Messe Düsseldorf.

Ao redor do mundo, um terço de toda a comida produzida  — o equivalente a 1.3 bilhões de toneladas — é perdida ou desperdiçada nos sistemas de produção e consumo, de acordo com dados lançados pela FAO. Em regiões industrializadas, a cada ano, cerca de 300 milhões de toneladas, o que corresponde a aproximadamente metade da comida perdida por lá, acontece como resultado de produtores, comerciantes e consumidores que descartam alimentos que ainda são adequados para consumo. Trata-se de mais do que a soma de toda a quantidade de comida produzida na África Subsaariana, o suficiente para alimentar um número estimado em 870 milhões de pessoas famintas em todo o mundo.

Há diversas razões que explicam o motivo pelo qual isso está acontecendo, mas uma coisa clara é que desperdiçar comida significa desperdiçar dinheiro tanto por indivíduos e residências, quanto pelo mercado, chegando a cerca de US$ 200 bilhões em regiões industrializadas.

Num mundo de sete bilhões de pessoas, crescendo para nove bilhões em 2050, o desperdício de comida não faz sentido nenhum, seja economicamente, ambientalmente ou moralmente. Significa que não apenas dinheiro está descendo pelo ralo, mas também toda a energia, terra, água, fertilizantes e outros recursos necessários para cultivar e distribuir esses alimentos.

Essa campanha pode fazer uma grande diferença se todos se envolverem – produtores de alimentos, supermercados, consumidores, restaurantes e redes de hotéis, escolas, academia de esportes, empresas, prefeitos, líderes nacionais e globais.

Participe

Em casa, é possível planejar refeições semanais e aprender como cozinhar e armazenar comida. Isso significa economizar dinheiro e conservar comida a cada semana. Desde supermercados, hoteis e restaurantes, até empresas, cidades e países podem se comprometer a medir a quantidade de comida desperdiçada e traçar metas para reduzir esse desperdício, melhorando o uso dos recursos e economizando dinheiro no processo.

Existem dezenas de iniciativas que já estão sendo implementadas no mundo todo. Esta campanha também é uma forma de fazer uma ligação entre elas para compartilhar dicas, experiências e boas práticas.

Todos precisamos PENSAR sobre o nosso atual modelo de consumo de alimentos, todos precisamos COMER para sobreviver e todos precisamos CONSERVAR alimentos, especialmente em países desenvolvidos e entre a classe média dos países em desenvolvimento. Se pudermos “reduzir a nossa pegada alimentar”, poderemos também reduzir o impacto da humanidade sobre o planeta.

Visite já os sites www.thinkeatsave.org e www.fao.org/save-food !

A Campanha Pensar.Comer.Conservar contribui com o Programa conjunto da FAO e do PNUMA para Alimentação Sustentável.

Em breve, você poderá conferir a ferramenta de compromissos da campanha! Fique ligado!

Parceiros